Advocate or Die by João Pedro Diniz Monteiro Marques Silva


27/03/2006


Litigância de má-fe?!..

 

   Hoje de manhã ás 9: 40 estava eu no Forúm de Camaragibe e vem um advogado ter comigo pensando que alguém cederia a acordos: minha resposta como é que o Doutor envia para a Sra. X uma reclamação de 4 páginas de um sujeito que trabalhava 8 dias por semana no valor de 5 mil e tal...e ainda quer acordo, isso não seria LITIGANCIA DE MÁ FÊ?

  Resumo:

 Nem na sala de audiências o Advogado ou o reclamante apareceram...

 Pode uma coisa destas? Muitos direitos e pouquíssimos deveres.....

                         

Escrito por João Pedro Diniz às 16h16
[ ] [ envie esta mensagem ]

Pizza de novo?!

 

                      Que porra é que o Palocci ainda faz no Ministério?

Escrito por João Pedro Diniz às 16h08
[ ] [ envie esta mensagem ]

22/03/2006


     Caso M. x Edson

     Uma pessoa de nome M. veio ter comigo dizendo que o Oficial de Justiça lhe entregou uma Intimação de um tal de Edson, para a juridiscionada se apresentar na qualidade de reclamada na __Junta de Conciliação e Julgamento da cidade de Camaragibe, comarca de Recife/PE.

     Passo a citar o caso: o Reclamante laborou no periodo de Abril a Dezembro de 2005, exercendo o oficio de garçom no bar da reclamada, juridiscionada na circunscrição da comarca em apreço, onde exercia atividade nos finais de semana e feriados, quando se dispunha a aparecer, percebendo para tal de uma quota parte do bruto recebido pela Reclamada  no final de cada dia de expediente denominando-se desde já de  "percentagem", esta equivalente a 10% (dez por cento) de suas vendas.

    Atuando no oficio de garçom, o Reclamante prestava serviços das 9 (nove) horas da manhã, até ás 16 ( dezasseis) horas da tarde de cada sábado, domingo ou feriado, dispondo para tal de comandas personalizadas que continham o pedido e ao final eram contempladas com a rubrica ( folha 01 ) feitas por punho próprio do garçom, já devidamente qualificado nos autos da Reclamação trabalhista em epígrafe.

    O reclamante, antes mesmo de pensar em se prestar á presente reclamação trabalhista, andou no recinto onde a reclamada detêm o bar de sua propriedade ( folha 02) caluniando e difamando a viva voz, afirmando convictamente que seu direito não carecia em nada de liquidez e certeza quanto aos aspectos formais e materias apresentados posteriormente á peça atrial a que refere esta reclamação datada de _,_.2006.

    A reclamada vem assim a este juízo, partindo do principio máximo da  JURA NOVIT CURIA postular que o reclamante seja condenado á LITIGÂNCIA de má-fê,  danos morais e que vossa Exc. se digne a considerar a que o reclamante abandonou o serviço por sua livre e espontânea vontade ( 482 CLT) logo a que a presente reclamação trabalhista já devidamente protocolada, seja apensa ao processo de reconvenção, a que sob a égide do artigo 171 da lei federal 10.406/04, a minha cliente M. move contra o Sr. Edson, "ex vis legis" do ora aqui trazido aos autos e exposto.

    Faz se por bem aceitar a produção de prova testemunhal, ....levando seus depoimentos a termo...

                                                             X-Marcos

                                                             X-Liliane

Escrito por João Pedro Diniz às 23h30
[ ] [ envie esta mensagem ]

COGNESCE TE IPSUM...

 

    Andei um pouco afastado aqui da Internet,  estudando, fazendo cursos e assistindo palestras, rotina de um futuro Membro do Ministério Público, afinal com o nosso esforço e com a certeza de Deus, pretendemos em breve alcançar o objetivo a que fomos propostos....

                 Já afirmava Socrates : Cognesce te ipsum, ut quisque suorum est quisque verborum.

                                                               Ut in claris nom cessant interpretatio.

Escrito por João Pedro Diniz às 22h38
[ ] [ envie esta mensagem ]

Eu, por mim mesmo...

 

                    As a girl said:

                                              Ur2good2be4got10                Let´s rock....

 

                              

Escrito por João Pedro Diniz às 22h05
[ ] [ envie esta mensagem ]

Perfil



Meu perfil
BRASIL, Nordeste, RECIFE, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Política, Dinheiro, Direitos Humanos
MSN - advogadodojuri1@hotmail.com